Base do prefeito de Formosa na câmara começa a apresentar sinais de rupturas.

0
113

Na Sessão da ultima terça – feira  10/04/2018  os vereadores governistas Genedir Ribas, Leonel de Paiva e professor Rafael, fizeram duras críticas aos projetos enviados pelo executivo, a falta de  bom senso e respeito com o poder Legislativo.

O atual prefeito da cidade de Formosa- Goiás, Ernesto Roller, desde os primeiros dias do seu mandato, vem recebendo da maioria dos vereadores  um apoio  quase incondicional. Com uma base até então sólida e com apenas alguns poucos legisladores daquela casa de leis,  apresentando oposição contrária ao pensamento do executivo.

A vida política da cidade vivia tempos de harmonia entre poderes. Mas alguns dissabores aqui, desfavorecimentos acolá, protecionismo à alguns, descasos com quase todos e o que era a aliança perfeita começa a  ter seus elos afrouxados .

A força extra que estava faltando para que os elos quase se rompessem chegou com o envio de matérias polêmicas ao legislativo. Uma minuta do projeto de Lei 004/2018 para celebrar convênio com a Universidade Estadual de Goiás (UEG) sem valores, sem prazos e cheio de falhas técnicas, revoltou assim a maioria dos vereadores da base aliada. E na mesma noite foi apresentado mais um projeto de lei polêmico, o de nº 005/18, que versava sobre a revisão  geral anual no exercício de 2018 dos vencimentos dos servidores públicos do Poder Executivo, o que deixou os vereadores mais contrariados ainda, e para completar, não foi aceita pela presidência da Câmara uma emenda assinada por oito vereadores, gerando enorme bate boca (inclusive com palavras de baixo calão) e grande desconforto a todos os Edis.

“Só se eu for louco para votar contra o servidor” Disse Eduardinho.

Para Genedir Ribas “ O projeto é bom, mas está cheio de falhas.”

Professor Rafael foi categórico “ o projeto está mal escrito.”

 

Veja alguns trechos da discussão…