NAMORAR NA 3ª IDADE

0
55

Namorar faz bem em qualquer idade. Na terceira idade, é bom em todos os sentidos: revigora, revitaliza, embeleza, motiva, envaidece, rejuvenesce aumenta a autoestima, o desejo de cuidar-se para o outro (a)  deixa a vida com mais brilho, mais luz, assim como na adolescência, porem com autonomia e consciência, livre das preocupações e medos de então. Melhora a saúde do corpo e da alma. Aqueles que um se uniram em matrimonio  devem celebrar continuamente esta união.             É aqueles que já não tem consigo a pessoa a que um dia se uniu no altar, deve estar aberto para uma nova oportunidade  “afinal  é sempre  tempo de ser feliz.”

É certo que com o passar do tempo o corpo sofre mudanças, mas não o suficiente para calar os desejos ou guardá-los em uma gaveta. Entregar ao amor traz um novo colorido á vida..

 

Pregar  que o sexo, assim como várias atividades vão se tornando menos necessárias, com a idade,é mito, desinformação, má interpretação das inevitáveis mudanças fisiológicas, que ocorrem nos indivíduos de mais idade. A vivência da sexualidade na 3ª idade nada mais é do que a continuação de um processo que teve início na infância. São os sentimentos de cada um, aliados às alterações anatômicas e fisiológicas trazidas pela idade que modelam o comportamento sexual de tais pessoas.

Enquanto  você  está vivo tudo esta vivo em você, inclusive o Amor e aptidão sexual. Claro que de forma mais madura, mais centrada, afinal  o andar da vida proporciona aos indivíduos o amadurecimento das idéias, das emoções o valor as reações.

Pesquisas  desenvolvidas por doutores em geriatria apontam as relações entre  pessoas de idade compatível ( em se tratando da 3ª idade)  a ser mais salutar para ambos, pois embora a sexualidade não tenha a idade como indexador, existem outros fatores que dificultam o relacionamento amoroso entre pessoas de faixas etárias muito distanciadas. O fato é que quando a união é entre duas pessoas de idade semelhante, facilita a disponibilidade de tempo para o lazeres como viagens, caminhada, teatro, cinema, restaurantes, barzinhos, visita a lugares e pessoas,  cultivo de plantas e tantos outras atividades que ficam muito mais prazerosas quando feitas á dois. Ambos se interessam pelos mesmos assuntos, as dietas alimentares são iguais ou muito parecidas. Cria- se uma troca de experiências de vida que   enriquece e aquece a relação. Qualidade de vida inclui exercícios físicos, leitura diária,musica, dança, alegria, alimentação saudável,tempo regular de sono,conversa com amigos aquece o coração. Pesquisas demonstram que receitas como estas são os maiores responsáveis por uma vida longa e saudável.

A idade não dessexualiza o ser humano. Assim, não existem limites de idade para se conservar uma atividade sexual ainda que ocorram mudanças fisiológicas. A sexualidade é uma forma de expressar carinho e afeto, sentimentos que não tem idade. Os desejos podem se modificar, mas não terminam.

Zilma de Melo