Começa hoje audiência para ouvir envolvidos no desvio de dinheiro na Diocese de Formosa

0
83

Deflagrada em em 19 de março, o Ministério Público de Goiás (MPGO)  a Operação Caifás  resultou na prisão do bispo de Formosa, Cinco padres, um juiz eclesiástico o Bispo dom José Ronaldo Ribeiro e outros suspeitos ligados à Diocese de Formosa que agora começam a ser ouvidos pelo TJGO.

______Publicidade________

Segundo o TJGO, serão ouviods os principais envolvidos nas denuncias de desvio de verbas da Diocese de Formosa  Guilherme Frederico Magallhães, secretário da Cúria de Formosa; Darcivan da Conceição Serracena, funcionário da Diocese de Formosa; Edmundo da Silva Borges Junior, advogado da Diocese de Formosa; Pedro Henrique Costa Augusto e Antônio Rubens Ferreira, empresários apontados como laranjas do esquema;  Mario Vieira de Brito, pároco da Paróquia São José Operário, em Formosa; Moacyr Santana, pároco da Catedral Nossa Senhora da Imaculada Conceição, em Formosa; Waldson José de Melo, Pároco da Paróquia Sagrada Família, em Posse; Epitácio Cardozo Pereira, vigário-geral; Tiago Wenceslau de Barros Barbosa Junior, juiz eclesiástico; e José Ronaldo Ribeiro, bispo de Formosa.

Waldemar Maciel

Jornalista