Tudo que aconteceu no mundo policial no dia 11/09

0
10

Forças de segurança realizam operação em Planaltina de Goiás

Iniciou nesta terça-feira (11), às 14h, na cidade de Planaltina-GO, a Operação Força Estadual de Recobrimento “PROGRAMA MAIS SEGURANÇA” do Estado de Goiás.

Esse projeto de segurança pública mobiliza policiais militares do 21º BPM, do Batalhão Especializado de Policiamento de Eventos de Eventos da capital, Grupo de Patrulhamento Tático – GPT, Serviço de Inteligência, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Guarda Civil Municipal e outros órgão do município e tem como objetivo a redução dos indicadores de criminalidade no Estado, além de proporcionar maior sensação de segurança à população.

Através dessa operação, que tem duração de 60 horas, todas as cidades do Estado serão contempladas em dias e horários conforme levantamento das manchas criminais, tendo como foco a segurança pública de qualidade para todos os goianos.

 

Encontro de cadáver – Setor Nordeste

A Polícia Militar foi acionada, na tarde desta terça-feira (11), por volta das 16h30min, para o atendimento a uma possível ocorrência de encontro de cadáver na Avenida Circular, no Setor Nordeste, em Formosa.

Ao chegarem no endereço, os policiais fizeram contato com um homem de 60 anos, o qual relatou que havia saído para ir até um comércio e, ao retornar ao imóvel pouco tempo depois, deparou com o corpo do seu amigo, conhecido apenas como `negão´, deitado em uma cama, aparentemente sem vida.

Imediatamente, ele acionou a PM e o IML, que compareceu ao local e constatou o óbito da vítima. Em seguida, o corpo foi removido ao IML de Formosa.

 

Bandidos aplicam golpe e levam R$1800,00 de vítima no Bairro Formosinha

Uma funcionária de um estabelecimento comercial que iria realizar um depósito em uma agência bancária, na Avenida Brasília, no Bairro Formosinha, foi vítima de um casal de estelionatários, os quais aplicaram um golpe e fugiram levando a quantia de R$1800,00. O crime ocorreu por volta das 16h desta terça-feira (11).

A vítima relatou aos policiais que estava aguardando atendimento dentro da agência, onde iria realizar o depósito para empresa que trabalha, quando uma senhora se dirigiu até ela e informou que havia achado um cartão e a perguntou se saberia de quem era. A funcionária então informou que o objeto poderia ser de um senhor que estava ao lado, o qual prontamente informou que era realmente o dono do cartão. Ele, por sua vez, ficou bastante agradecido e prometeu recompensar ambas as mulheres pelo ato de honestidade. No entanto, a vítima inicialmente recusou a retribuição, porém foi convencida pela outra mulher. Neste momento, o autor informou que trabalhava com uma fábrica de calçados e pediu para que as vítimas as acompanhassem até o local que ficaria perto da agência.

Porém, ao chegarem próximo ao suposto local, a envolvida se prontificou ir até o endereço e pediu para que a vítima esperasse ali próximo e retornou logo em seguida informando que a irmã do autor queria conhece-la pessoalmente e que poderia deixar a sua bolsa sob sua responsabilidade. No entanto, após não encontrar a suposta fábrica, a vítima retornou ao local e percebeu que o casal de golpistas havia fugido do local levando sua bolsa, que continha R$1800,00, em espécie, e documentos pessoais.

Policiais olharam as câmeras da agência, porém a dupla não foi localizada e nem identificada.

 

Bandidos quebram muro e furtam objetos de moradora no Setor Abreu

Bandidos quebraram o muro de uma residência na Avenida Rifânia, no Setor Abreu, em Formosa, e levaram pertences da moradora, na tarde desta terça-feira (11).

A vítima, uma jovem de 29 anos, informou que saiu para trabalhar às 13h e, ao retornar por volta das 17h30min, notou que o muro dos fundos do seu imóvel tinha sido quebrado, bem como uma janela que dá acesso ao interior do imóvel. Ao entrar na casa, ela percebeu que os larápios furtaram uma televisão de 49 polegadas e dois aparelhos celulares.

Após os relatos, os policiais realizaram buscas na região, porém os objetos e os autores do crime não foram localizados.

Fonte: www.ocorrenciaspoliciais.com.br