Omissão também é crime: Secretário de Obras Francisco Elísio Lacerda é indiciado por negligência pela morte de professora que veio a óbito após cair de moto em um buraco

0
312

O secretário de Obras de Anápolis – Goiás Francisco Elísio Lacerda,  foi indiciado por negligência e deve responder por homicídio culposo, “quando não há intenção de matar”, pela  morte  da professora Thalita dos Santos Bueno que  estava  conduzindo uma moto quando se desequilibrou na via esburacada e acabou atingida por um carro vindo a óbito em abril deste ano . Segundo documento expedido pela  pericia, o buraco que causou o acidente tinha mais de 1 metro de comprimento e com isso o delegado da Policia Civil entendeu que ele (buraco) foi o causador do acidente.

De acordo com a polícia, ele foi responsabilizado por omissão e negligência, uma vez que a manutenção na rua não ocorria há muito tempo.

Ainda de acordo com informações a  policia civil entendeu  a motorista que atropelou Thalita não teve culpa no acidente.